Ivania Cordeiro

 
Rejestracja: 2013-11-01
A fraqueza é a desculpa dos covardes
Punkty42więcej
Następny poziom: 
Ilość potrzebnych punktów: 158
Ostatnia gra
Mahjong

Mahjong

Mahjong
1 rok 56 dni temu

amo te muito como doi essa dor que sinto

Palavras não bastam, não dá pra entender E esse medo que cresce não para É uma história que se complicou Eu sei bem o porquê Qual é o peso da culpa que eu carrego nos braços Me entorta as costas me dá um cansaço A maldade do tempo fez eu me afastar de você E quando chega a noite e eu não consigo dormir Meu coração acelera e eu sozinha aqui Eu mudo o lado da cama, eu ligo a televisão Olhos nos olhos do espelho e o telefone na mão Pro tanto que eu te queria o perto nunca bastava E essa proximidade não dava Me perdi no que era real e no que eu inventei Rescrevi as memórias, deixei o cabelo crescer E te dedico uma linda história confessa Nem a maldade do tempo consegue me afastar de você Te contei tantos segredos que já não eram só meus Rimas de um velho diário que nunca me pertenceu Entre palavras não ditas, tantas palavras de amor Essa paixão é antiga e o tempo nunca passou E quando chega a noite e eu não consigo dormir Meu coração acelera e eu sozinha aqui Eu mudo o lado da cama, eu ligo a televisão Olhos nos olhos do espelho e o telefone na minha mão.

Eu prometo te dizer eu te amo todas as noites e te provar isso todos os dias

“Sabe quando você quer que um momento dure para sempre? Então, é assim quando estou com você.”

te amo de mais

Te amarei por dias, horas, meses, anos. É um prazer contínuo eu amo te amar Desejo-te… Desejo sentir o teu rosto no meu, A tua pele colada á minha, Desejo… Desejo abraçar-te e não me sentir perdida, Perdida na solidão que me consome, Achar-me um dia. Anseio pelo teu toque, Quente e suave

Hoje levantei cedo triste

Hoje levantei cedo pensando no que tenho a fazer antes que o relógio marque meia noite. É minha função escolher que tipo de dia vou ter hoje. Posso reclamar porque está chovendo ou agradecer às águas por lavarem a poluição. Posso ficar triste por não ter dinheiro ou me sentir encorajado para administrar minhas finanças, evitando o desperdício. Posso reclamar sobre minha saúde ou dar graças por estar vivo. Posso me queixar dos meus pais por não terem me dado tudo o que eu queria ou posso ser grato por ter nascido. Posso reclamar por ter que ir trabalhar ou agradecer por ter trabalho. Posso sentir tédio com o trabalho doméstico ou agradecer a Deus. Posso lamentar decepções com amigos ou me entusiasmar com a possibilidade de fazer novas amizades. Se as coisas não saíram como planejei posso ficar feliz por ter hoje para recomeçar. O dia está na minha frente esperando para ser o que eu quiser. E aqui estou eu, o escultor que pode dar forma. Tudo depende só de mim.

ivania

Se Deus criou as pessoas para amar

Se Deus criou as pessoas para amar, e as coisas para cuidar. Por que amamos as coisas e usamos as pessoas?